O que é o Swing Trade?

Dentre as estratégias de trading mais utilizadas pelos investidores na Bolsa de Valores, uma é particularmente adaptada aos iniciantes: o Swing Trade. Mas em que consiste exatamente esse método de investimento e como utilizá-lo desde já a sua vantagem?  

O que é o Swing Trade?
66% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

 

Por que utilizar o Swing Trade?

O Swing Trade é conhecido por ser um dos mais antigos métodos de trading, e também um dos mais acessíveis aos investidores individuais. Ele permite antecipar de maneira bastante confiável os movimentos futuros da cotação de um ativo.

A técnica é bastante simples de utilizar, no entanto muito eficaz ao compará-la com métodos mais complexos.

 

O que é o Swing Trade?

O Swing Trade é uma técnica que consiste em comprar ou vender um ativo em função do que é chamado “swings”. Os swings, na realidade, são oscilações naturais das cotações entre um ponto alto e um ponto baixo.

Em outras palavras, esse método consiste em seguir exclusivamente os movimentos mais fáceis de identificar para minimizar os riscos e maximizar os ganhos em períodos curtos. Para ser realmente eficaz, o Swing Trade deve ser utilizado em complemento de uma análise fundamentalista e, também, requer um bom conhecimento das reações dos investidores em função de determinadas condições de mercado.

 

Como, concretamente, funciona o Swing Trade?

Para entender melhor o funcionamento do Swing Trade, é preciso admitir, em primeiro lugar, que o mercado só pode seguir três direções: Ou sobe, ou desce, e às vezes, está em fase de consolidação.

Determina-se então que quando o mercado sobe ou está em fase de consolidação, é pertinente comprar um ativo. Quando o mercado está em baixa, convém vender o ativo. Em todos os casos, convém seguir exclusivamente a tendência global do mercado.

Evidentemente, para realizar um Swing Trade eficiente, é preciso poder determinar o sentido e a força da tendência estudando os indicadores técnicos.

 

Algumas recomendações para aplicar o método de Swing Trade:

Para limitar os riscos inerentes ao trading em curto prazo, como no caso do Swing Trade, é preciso seguir alguma regras básicas. Seguem as principais delas: 

  • Seguir uma estratégia definida antecipadamente a fim de evitar uma tomada de decisão sem reflexão prévia, oriunda do estresse ou de um excesso de confiança.
  • Pensar em utilizar as ordens stop, notadamente os stop loss, a fim de reduzir o volume de suas perdas em caso de intuição errada no que se refere ao sentido da tendência.
  • Apostar numa estratégia simples é a melhor forma de se manter com esse método.
  • Identificar a tempo a tendência mais interessante para sua negociação também é essencial.
  • Enfim, é preciso colher seus lucros assim que for interessante em termos de rentabilidade a fim de evitar uma reversão de tendência inoportuna.

Seguindo esse conjunto de regras simples, e se mantendo na negociação sobre as tendências, você dominará rapidamente o potencial do Swing Trade.

 

Os diversos indicadores para uma estratégia de Swing trading:

Para negociar com uma estratégia de Swing trading, você pode usar diversos métodos baseados em indicadores técnicos distintos dos quais elencamos alguns exemplos a seguir:

O indicador Fibronacci para a estratégia de Swing trading: É possível utilizar o indicador de Fibronacci no âmbito do Swing trading, a fim de identificar os níveis de suporte e resistência em que a cotação pode se inverter. Ao traçar linhas horizontais nos coeficientes de Fibronacci com 23,6%, 38,2% e 61,8%, você pode facilmente visualizar os níveis de reversão. Assim sendo, e se o valor de um ativo voltar no nível de 61,8% e rebotar nessa resistência, é possível tomar uma posição de venda curta e sair dessa posição quando, dessa vez, a cotação rebota na linha baixa de 23,6%.

Os suportes e resistência clássicos e suas respectivas faixas são também bons indicadores no âmbito de uma estratégia de Swing trading. Da mesma forma que com os coeficientes de Fibronacci, tomar-se-á posição na ocasião de um rebote sobre um limite de suporte ou de resistência, colocando-se, ainda, uma ordem stop no limite inverso. Vale lembrar que quando tais níveis de suporte ou de resistência forem ultrapassados (ou quebrados), os mesmos não indicam mais uma reversão de tendência, mas, ao contrário, um reforço da tendência em curso.

Os canais: Ao identificar uma tendência forte sobre um ativo no âmbito de um canal que você terá traçado, você obterá um ótimo sinal de venda ou de compra. Quando o canal está em torno de uma tendência baixista, estará na hora de tomar posição para a venda quando o preço bate na primeira linha desse canal, e vice-versa. Em todo caso, em tal situação, você deve negociar no sentido da tendência e não contra, exceto quando constatar que o preço se afasta do canal, o que indicaria uma reversão de tendência.

As médias móveis simples também são indicadores técnicos populares na estratégia do Swing trading. Elas regulam os dados de preço ao determinar um preço médio reavaliado em tempo real e em períodos variáveis. Contudo, períodos mais curtos dão médias móveis mais reativas às mudanças de tendência que períodos mais longos. Quando uma média móvel mais curta passa por cima de uma média móvel longa é um sinal de compra, ao passo que, inversamente, uma média móvel curta passando por baixo da média móvel longa indica um sinal de venda.

O indicador MACD, finalmente, é um meio eficaz de detectar as oportunidades para tomar posição. Aliás, este é um dos indicadores privilegiados dos traders que utilizam essa estratégia, porque ele permite detectar as tendências e suas reversões. Visualmente, o MACD é composto por duas médias móveis, ou seja, uma linha de sinal e a linha MACD. Os sinais de compra ou de venda correspondem aos pontos de cruzamento dessas linhas. A linha MACD passando por cima da linha de sinal indica uma tendência altista e, ao contrário, quando passa por baixo da linha de sinal é indicação de tendência baixista. Esperar-se-á, idealmente, um novo cruzamento para tomar uma posição oposta.

 

Deve-se privilegiar o Swing trading ou o Day trading?

Compara-se frequentemente o Swing trading com o Day trading, que de fato muito se parecem, com a diferença que uma posição de Swing trading pode ficar aberta por vários dias. Dessa forma, é uma estratégia que apresenta algumas vantagens. Primeiramente, o Swing trading deixa mais tempo para analisar suas posições, o que evita alguns erros freqüentes que podem ocorrer sob a pressão do Day trading. Por outro lado, pode-se negociar em vários mercados com essa estratégia, o que permite focar os ativos apresentando uma real tendência. O Swing trading permite também mais flexibilidade no que concerne às análises de mercado, bem como um gerenciamento cotidiano facilitado e menos rígido em termos de tempo. Da mesma forma, os spreads são inferiores que numa estratégia mais curta.

Outro ponto a favor do Swing trading, notar-se-á que os gráficos com perspectiva mais ampla são geralmente menos sensíveis aos barulhos do mercado, o que reduz as chances de efetuar uma operação errada por causa de um micro movimento volátil.

 

Classificação: 4.13 38 votos

Comece a negociar on-line
66% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.