O que é o straight through processing?

Ao navegar por sites especializados em finanças ou no investimento on-line, talvez tenha se deparado com o termo de straight through processing, ou STP. Mas qual é o significado preciso desse termo e em que realmente consiste esse procedimento. É o que lhe propomos de descobrir mais amplamente neste artigo graças a algumas explicações simples e precisas.  

O que é o straight through processing?
75% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

 

O straight through processing: o que é?

O nome STP, ou straight through processing, se refere a um sistema de tratamento de operações financeiras dito “no fio d’água”, o que significa sem nenhum prazo de espera, ou seja, de maneira contínua e ininterrupta.

Encontra-se essa expressão no âmbito da finança, principalmente, e notadamente concernente aos brokers. Portanto, aqueles que utilizam o STP tratam as ordens e as cotações “no fio d’água”.

É nos Estados-Unidos que foi cunhado esse termo quando da reforma para reduzir a três dias o prazo entre o pagamento e a entrega das transações de ações em Bolsa de Valores. Anteriormente, esse prazo era muito mais demorado. Desde então, esse sistema é utilizado por uma grande maioria de bancos e brokers que utilizam passarelas informáticas que permitem o tratamento quase instantâneo das ordens dos seus clientes.

Obviamente, o objetivo é para maior coerência e um acompanhamento mais rápido das evoluções das cotações em função das ordens passadas.

 

As vantagens do straight through processing:

Do lado do investidor, o sistema de straight through processing apresenta óbvios pontos positivos. O primeiro deles diz respeito à garantia que a ordem passada o seja na cotação observada ao vivo. Caso contrário, pode haver uma diferença notável entre o preço ao qual é comprada ou vendida uma posição e o preço real do ativo, o que pode gerar perdas sensíveis.

O mesmo STP apresenta uma vantagem similar para a corretora que poderiaperder dinheiro, da mesma forma, já que é pelo seu intermédio que as ordens do cliente são passadas. Hoje em dia, a grande maioria dos brokers do mercado financeiro utiliza esse processo de transmissão no fio d’água, o que garante uma utilização ótima, tanto para eles quanto para os clientes.

 

Como saber se uma plataforma utiliza o straight through processing?

Como dissemos, a grande maioria das plataformas de negociação on-line já utilizam o STP.Mas querendo conferir, basta entrar na página descritiva da plataforma, ou qualquer outra solução oferecida, e verificar que a sigla STP está presente.

Se você não encontrar essa informação, não deixe de entrar em contato com o serviço de suporte que lhe responderá.

 

Como funciona o Straight Through Processing concretamente?

Antes de entrar diretamente no funcionamento do sistema de STP, é importante lembrar que os mercados financeiros são imensos e realizam diariamente operações de volume muito grande, mas também a cada minuto e segundo que passa. A quantidade de operações é tamanha que requer uma reatividade muito elevada para acompanhá-las.

Com efeito, quando um investidor se conecta à plataforma de trading e passa ordens de compra ou de venda, o que ocorre realmente? Em outras palavras, como a corretora trata a informação?

Para entender isso, far-se-á a diferença entre o que ocorre ‘front-end’, que corresponde ao que o investidor vê no display da interface de negociação on-line, e em ‘back-end’, ou seja, o que trata concretamente a corretora que percebe a informação de modo bem distinto. Enquanto o trader observará gráficos, botões de ordem ou informações sobre o tamanho de sua conta e suas posições abertas, o broker terá de gerenciar as mesmas informações, assim como outros milhares vindo de outros milhares de traders investindo simultaneamente.

Desde sua criação, as plataformas de trading on-line tiveram grandes avanços do ponto de vista tecnológico e tais informações são transmitidas de forma muito rápida, num espaço de milissegundos e até mesmo micro e nano segundos.

Com efeito, uma operação mobiliza várias partes entre as que passam a ordem e as que a executam. Assim sendo, o comprador é a contraparte principal numa transação de venda e o vendedor a contraparte da transação de compra. É a corretora, ou o broker, que estabelece a ligação entre essas duas partes, e que utiliza um fornecedor de liquidez, mais frequentemente um grande banco, que se encarrega de fornecer os valores às diversas partes.

No que concerne às transações sobre moedas, as coisas são um pouco diferentes, haja vista que não existe praça financeira dedicada ao mercado de câmbio. Em outras palavras, não existe nenhum espaço físico, nem registro físico das operações nem da sua execução. O conjunto das transações é meramente virtual.

Em ambos os casos, a corretora encarregada de tratar a transação vai identificá-la e fazer com que corresponda a uma contrapartida investindo no sentido contrário. Ocorre que poderiam existir conflitos de interesses devido à própria estrutura desse mercado, principalmente constituído por investidores com pequeno capital. Mas, para tais transações, é preciso fortes liquidezes e um fornecedor de liquidez como um banco não vai vender individualmente aos investidores tendo um capital reduzido, devido ao custo em tempo e dinheiro que isso representaria.

É justamente aí que intervém o sistema STP das corretoras que permite fracionar praticamente em tempo real grandes volumes de transações, tanto do lado compra quanto venda, e permite aos investidores que desejam tomar posições de compra ou de venda nesses mesmos ativos fazê-lo. É por esse motivo que, para o trader tomar uma posição de compra ou de venda, basta apenas um clique num botão de ordem, o que toma alguns micro segundos.

As corretoras que utilizam o sistema STP permitem aos investidores individuais acessarem o mercado interbancário no qual diversos fornecedores de liquidez oferecem ativos a serem negociados. Graças a esse sistema, as corretoras podem fazer variar os preços em função da força da oferta e da demanda no mercado.

 

Classificação: 4.16 70 votos

Negocie ao vivo e no fio d’água com o straight through processing:

Ao se cadastrar em uma plataforma de trading moderna e de qualidade, você poderá disfrutar do sistema STP para obter lucros rápidos e seguros. Não hesite, e cadastre-se agora mesmo.

Negociecom o STP!
75% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.