Negociar na Bolsa sobre a cotação do Ripple

Você provavelmente, já ouviu falar do Bitcoin, essa criptomoeda que, recentemente, deu muito o que falar no mercado financeiro. Mas você conhecia as outras criptomoedas a seguir nos meses e anos que estão por vir? Dentre elas, distinguimos, notadamente, o Litecoin, l’Ethereum ou ainda o Dash, mas também outra moeda desmaterializada que apresenta muitas vantagens, a saber, o Ripple. Com efeito, esse valor pode representar um investimento muito interessante para os investidores em CFD, mas é preciso conhecer o seu funcionamento. Para tanto, decidimos dedicar uma página ao trading do Ripple on‑line, explicando o que é uma criptomoeda, como funciona e, principalmente, como negociá‑la on‑line de maneira eficaz, com algumas recomendações de análise simples.  

Negocie já com o Ripple!
Negociar na Bolsa sobre a cotação do Ripple
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

Classificação: 4.05 21 votos

 

O que é o Ripple e como funciona essa criptomoeda?

Originalmente, Ripple é o nome de uma empresa sediada em San Francisco, na Califórnia, que criou recentemente um sistema de pagamento on‑line muito parecido com o sistema dos blockchain que você já conhece por meio do Bitcoin. Trate‑se aí também de um sistema de pagamento baseado num protocolo informático e troca de divisas. O Ripple funciona, portanto, com as diversas criptomoedas, mas também com as moedas clássicas e as matérias primas contra as quais ele pode ser trocado.

O protocolo do Ripple apresenta a particularidade de poder se integrar no sistema dos clientes, como é o caso, notadamente, com certos grandes bancos como o Banco Nacional de Abu Dhabi que utiliza hoje o protocolo Ripple para suas transações internacionais e pode assim oferecer aos seus clientes um serviço de transferências em tempo real e ao vivo.

Ripple é também o nome dado à criptomoeda que decorre desse protocolo e que utiliza essa cadeia de blocos. Essa moeda desmaterializada é hoje uma das mais importantes do mercado, já que realiza a terceira maior capitalização financeira, logo atrás do Bitcoin e do Ether.

Nos mercados financeiros, e principalmente se você quiser negociar o Ripple on‑line com os CFD, saiba que você pode encontrá‑lo com o nome de XRP que pode ser integrado num par de moedas como o dólar ou o euro.

No que se refere ao funcionamento mais detalhado do Ripple, seu objetivo é permitir, para alguns setores do mercado financeiro, como os bancos, diminuírem seu custo de transações devido a seu papel influenciador na rede global de pagamentos. Mas o Ripple oferece também outras vantagens, como transações efetuadas em tempo real em qualquer parte do mundo. Evidentemente, essas transações são asseguradas por um sistema de criptografia próprio às criptomoedas que podem facilmente integrar‑se nos sistemas implantados nos bancos tradicionais.

Dentre as especificidades do Ripple, pode‑se notar que esse sistema e sua criptomoeda permitem aos bancos efetuarem transações entre si sem transitarem por algum intermediário, com total confidencialidade e segurança. O nível de tratamento dessas transações com o Ripple é elevadíssimo e também é possível conectar diversas redes entre si.

O Ripple é atualmente a criptomoeda mais usada no setor bancário devido a sua capacidade de tratar as transações rapidamente e de maneira quase instantânea, mas também por seu custo reduzido.

 

Quais diferenças entre o Ripple e as outras criptomoedas como o Bitcoin?

Se o Bitcoin ainda é considerado uma referência no mundo das criptomoedas, é interessante conhecer as diferenças entre essa moeda desmaterializada histórica e o Ripple que é hoje um dos seus principais concorrentes. E quando se fala em diferença, é principalmente para citar as vantagens do Ripple frente ao Bitcoin.

A primeira vantagem do Ripple que o Bitcoin não possui é que essa criptomoeda não depende de uma única empresa no que se refere à gestão das transações realizadas, o que lhe permite tratamentos muito mais rápidos e quase instantâneos, já que a demora para a confirmação dos blocos é muito rápida. Para entender melhor essa diferença fundamental, lembremos que o tempo médio de uma transação com o Bitcoin é atualmente de mais de 160 minutos quando o tempo médio de uma transação com o Ripple é de apenas 3,7 segundos. Outro exemplo: uma comparação foi realizada pelo banco BBVA quanto ao tempo de tratamento das transações entre Espanha e México. Em tempo normal, tal transferência requer aproximadamente 4 dias, enquanto se conclui em poucos segundos com o Ripple.

O tempo de tratamento dos blocos é, portanto, a principal diferença entre o Bitcoin e o Ripple. Porém, as duas criptomoedas apresentam outros pontos de divergência que é interessante conhecer. O Ripple, por exemplo, não utiliza o processo de mineração para a geração de novas unidades, mas um processo de consenso iterativo. Finalmente, se o Bitcoin é uma moeda descentralizada, o Ripple é antes de tudo uma rede de transações que integra uma criptomoeda.

As maiores diferenças que existem entre o Ripple e o Bitcoin são também as mesmas com as outras criptomoedas.

 

Quais vantagens do Ripple como ativo na Bolsa de Valores e por que negociá‑lo?

Você gostaria certamente de saber por que é tão interessante tomar posição sobre a cotação do Ripple on‑line utilizando, por exemplo, os CFD. Na verdade, várias são as vantagens do Ripple como ativo financeiro e lhe propomos de descobrir aqui as principais:

  • Transações em tempo real: É certamente o maior ponto forte do Ripple frente aos seus principais concorrentes. Com efeito, o Ripple permite um tratamento quase instantâneo das transações efetuadas enquanto o tratamento dos blocos é muito maior com as outras criptomoedas. Graças a essa especificidade, o Ripple deveria seduzir cada vez mais bancos e instituições financeiras e, portanto, ganhar pontos no mercado financeiro;
  • Um custo de transação baixíssimo: É o segundo ponto forte dessa criptomoeda. O Ripple permite realizar transações financeiras por um custo muito reduzido, com comissões extremamente baixas, seja pelas pequenas ou grandes quantias. O processo de transação permanece gratuito pelas trocas e o comércio, o que também é um trunfo relevante;
  • Uma criptomoeda segura e confiável: Evidentemente, para ocupar o lugar que possui atualmente no mercado das criptomoedas, o Ripple apresenta grande segurança nas transações, graças ao sistema de blocos e o princípio de consenso. Com efeito, um sistema de segurança complexo foi implantado pela empresa Ripple a fim de proteger os investidores que utilizam esse sistema. É, notadamente, necessário registrar várias assinaturas para validar uma transação on‑line;
  • Um ativo particularmente volátil: Como a maior parte das outras criptomoedas, o Ripple tem a vantagem de apresentar uma forte volatilidade, quer nos seus movimentos altistas, quer baixistas. Assim sendo, não é preciso utilizar uma alavancagem, o que sabemos muito arriscado, para tomar posições estratégicas e beneficiar‑se de diferenças de cotação interessantes;
  • Uma moeda virtual com belo futuro: O Ripple, bem como o Ethereum ou o Litecoin, faz parte das criptomoedas a serem acompanhadas de perto nos próximos anos. Apresentando as vantagens apontadas acima, é muito provável que essa criptomoeda seduza cada vez mais usuários, o que a tornará mais especulativa ainda do que ela já é atualmente;
  • Uma excelente resposta à análise técnica: Finalmente, é bastante fácil antecipar as variações da cotação do Ripple por meio de uma simples análise técnica, já que esse ativo é particularmente reativo aos principais indicadores gráficos.

Portanto, as vantagens da negociação do Ripple são muito suficientes para que os investidores se interessem nele de perto. Nós também lhe recomendamos olhar para esse ativo e tomar posição logo sobre esse valor.

 

De que maneira investir na cotação do Ripple?

Para aproveitar o Ripple como ativo na Bolsa de Valores, o melhor método consiste em utilizar os CFD, ou Contrato sobre Diferença. Tais contratos são disponibilizados aos investidores individuais pelas plataformas de trading on‑line dos brokers.

Com efeito, ao especular sobre o Ripple por meio dos CFD, você vai se aproveitar de várias vantagens interessantes. Em primeiro lugar, os CFD lhe permitem tomar posição tanto para a compra como para a venda. Levando em consideração a forte volatilidade desse ativo e o número de movimentos corretivos com uma tendência global permanecendo estável, negociar o Ripple oferece mais possibilidades e permite estratégias de cobertura pertinentes.

Os CFD permitem também a utilização de ordens ‘stop’ e ‘limite’ que fecham suas posições automaticamente sem que precise intervir e exatamente na cotação que você terá decidido antecipadamente. Assim sendo, bastará que estabeleça sua estratégia e seus objetivos para que suas escolhas sejam automaticamente respeitadas sem que, para isso ocorrer, você tenha de estar conectado com o mercado. Tais ordens permitem também reduzir consideravelmente os riscos ao cortar suas perdas no nível predefinido por você.

Enfim, as plataformas de trading CFD disponibilizam aos seus usuários várias ferramentas de análise que permitem implementar estratégias complexas e eficientes. Por exemplo, você poderá acessar os gráficos do Ripple ao vivo e em tempo real, bem como personalizá‑los, integrando neles indicadores de sua preferência ou escolhendo o modo de display e os parâmetros de periodicidade. Dessa forma, suas análises técnicas serão mais rápidas e simplificadas. No que se refere à análise fundamentalista, você pode também contar com sua corretora que lhe dará acesso a um feed de informações financeiras e econômicas ao vivo. Evidentemente, você poderá também personalizar esse fluxo escolhendo exclusivamente, neste caso, a apresentação de informações sobre as criptomoedas.

Para começar a negociar sobre a cotação do Ripple, bem como outras criptomoedas, ou mesmo sobre outros ativos, como divisas, ações ou matérias‑primas, basta criar sua conta de investidor on‑line e depositar um capital de investimento. Daí em diante, é só tomar posição sobre os ativos escolhidos.

 

Como implementar uma estratégia de trading eficaz sobre a cotação do Ripple?

Como acabamos de ver, o fato de negociar na cotação do Ripple por meio dos CFD apresenta muitas vantagens, dentre as quais lhe dar acesso a diversas ferramentas de análise e de ajuda para a tomada de decisão. No entanto, uma estratégia eficaz nesse tipo de ativo requer certa experiência do mercado, uma excelente resistência ao estresse e um bom gerenciamento dos riscos. Trata‑se das qualidades que um bom investidor tem de ter para especular sobre qualquer tipo de ativo, mas em especial sobre o Ripple que é um ativo extremamente volátil.

Com efeito, seu ‘self‑control’ será duramente atacado com essa experiência de trading do Ripple. Basta passar um olho nos gráficos financeiros históricos desse valor para perceber a rapidez e a volatilidade dos seus movimentos. As subidas, como as quedas da cotação são muito impulsivas e fortes, o que requer uma ótima resistência ao estresse, mas também muita paciência e disciplina. É o que chamamos de “trading psicológico”. Em tais casos, recomendamos manter ao máximo a sua linha estratégica, sem ceder ao ‘pânico’ ou a um embalo desmedido frente a um movimento específico. Um dos meios mais simples para chegar a esse resultado é pôr seus objetivos estratégicos no papel e mantê-los ao alcance de sua vista permanentemente. Tente também efetuar suas análises técnicas com periodicidades distintas a fim de ter uma visão de conjunto da tendência de fundo e também das micro tendências.

Um bom investidor em criptomoedas como o Ripple deve também ser capaz de gerenciar os riscos com muita cautela. Como vimos acima, esse ativo apresenta uma forte volatilidade que pode se manifestar tanto contra a tendência de fundo, tanto no mesmo sentido. Portanto, é muito fácil perder dinheiro se não se colocar os limites adequados. A primeira coisa a ser feita para limitar tais riscos é de somente tomar posição com pequenas partes do seu capital. Idealmente, cada posição não deve ultrapassar 2 a 3% do seu capital total. Você pode, e até deve, utilizar ao máximo as ordens automáticas para levar seus ganhos ou cortar suas perdas no momento certo, sem querer ganhar demais, ou se deixar levar pelo entusiasmo. Com efeito, é melhor acumular pequenos ganhos do que arriscar uma perda importante. Contudo, leve em consideração os micro movimentos a fim de não encerrar suas posições cedo demais.

Finalmente, uma estratégia de negociação eficaz com o Ripple, como em qualquer outro ativo, se baseia em análises de qualidade. Tais análises lhe permitem tomar posição a partir de um planejamento de trading elaborado. Para tanto, você pode utilizar os gráficos financeiros disponibilizados pelas corretoras, gráficos que podem ser personalizados. Não deixe de fazê‑lo o mais que puder, nem de utilizar todas as funcionalidades disponíveis a fim de incluir neles diversos indicadores. Você poderá utilizar também a análise fundamentalista para detectar os melhores pontos de entrada no mercado. Para isso, acompanhe de perto todas as informações da área das criptomoedas em geral, e do Ripple mais especificamente. Você pode também, em certas plataformas, consultar o sentimento de outros investidores e ter assim uma visão do sentimento geral dos traders acerca do mercado.

Uma vez sua estratégia de trading estabelecida, você terá a possibilidade de testá‑la em condições reais sem correr risco por meio de uma conta de demonstração gratuita. Esse tipo de conta lhe permite negociar ao vivo no mercado com dinheiro virtual e é uma excelente forma de afinar suas estratégias protegendo seu capital. Evidentemente, é preciso em algum momento, passar para o trading em modo real para efetuar transações verdadeiras e remuneradoras.

Para a negociação do Ripple, lhe recomendamos optar por uma estratégia em curto prazo, como o Day Trading que apresenta mais possibilidades graças a volatilidade diária muito elevada desse ativo e que é ideal com a utilização dos CFD dos brokers on‑line. As estratégias mais longas exigem um capital muito maior e são consideradas mais arriscadas. Portanto, elas ficam mais pertinentes para investidores mais experientes e dispondo de fundos elevados de investimento.

Onde e como começar a negociar o Ripple?

Está pronto(a) para investir sobre o Ripple? Pois não espere mais e cadastre se numa plataforma de trading de boa qualidade, gerenciada por uma corretora credenciada que lhe garanta o maior conforto de utilização.

Negocie já com o Ripple!*
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.