Indicador de Força Relativa – RSI (Relative Strength Index)

Medir a dinâmica de um mercado pode se revelar algo interessante para os investidores, já que permite comparar os ganhos e as perdas de um ativo em um dado período. Vários indicadores técnicos permitem obter tais informações, mas um em especial é mais apreciado pelos traders, o RSI, sigla da denominação inglesa Relative Strength Index, o Indicador de força relativa.  

Indicador de Força Relativa – RSI (Relative Strength Index)
76% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.
Classificação: 4.17 24 votos

 

O que é o Relative Strength Index ou RSI?

O RSI é um procedimento da análise técnica elaborado em 1978 por um analista, J. Welles Wilder, que foi assunto de um livro chamado “New Concept in Technical Trading Systems”, ou seja, literalmente, “Novo Conceito em Sistemas de Técnicas de Negociação”.

Hoje em dia, o RSI é um dos indicadores mais utilizado no mundo pelos analistas técnicos e os investidores, sejam institucionais ou particulares.

A função desse indicador é de informar sobre a dinâmica de um determinado mercado, ou seja, sua força, comparando ganhos e perdas realizados em um período dado.

Para tanto, o RSI leva somente em conta as cotações de fechamento do ativo subjacente. Trata-se de um indicador cujo valor oscila numa escala de 0 a 100.

Cuidado! Ao contrário de outros indicadores desse tipo, e apesar do nome “Relative Strength”, o RSI não compara o título relativamente a um índice e, portanto um mercado, mas mede exclusivamente a força interna do ativo. Aliás, nele, as perdas são expressas em valores absolutos e não em valores relativos.

Sendo possível utilizar diversos períodos para analisar o RSI, é aconselhável, no entanto, limitar-se aos períodos 5, 9 e 14. Claro, é aconselhável testar diversos períodos a fim de determinar qual é mais eficaz.

 

Cálculo do indicador RSI:

Como o vimos acima, o RSI utiliza uma comparação das perdas e dos ganhos auferidos em um determinado período. Pode-se dizer que a fórmula de cálculo é a seguinte:

100 – (100/1+(G/P))

Onde G corresponde à média dos ganhos e P à média das perdas.

 

Como utilizar o indicador RSI para negociar no mercado?

A interpretação do RSI busca dar indicações sobre a velocidade com a qual o mercado sobe ou desce. Para realizar uma boa análise do RSI, utilizam-se as zonas seguintes:

  • Entre 0 e 30, o RSI indica uma zona de sobrevenda. Caberá, portanto, evitar vender em tal período.
  • Entre 70 e 100, indica uma zona de sobrecompra. Melhor evitar comprar em tais momentos.
  • Entre 30 e 70, ele não dá nenhuma informação específica.

 

Chamamos sua atenção sobre o fato de que o RSI, por mais interessante que seja, não deve ser utilizado sozinho para definir a oportunidade de compra ou de venda. De fato, é essencial cruzar as informações obtidas com outros tipos de indicadores, notadamente os suportes e resistências. Cruzando as informações obtidas por meio de vários indicadores, pode-se obter sinais de compra ou de venda muito mais significativos e confiáveis.

Para ser utilizado em paralelo ao RSI, outro indicador interessante é o das divergências. É o que ocorre quando as cotações de um ativo evoluem em sentido inverso ao do indicador.  Tais divergências são muito confiáveis quando utilizadas em zona de sobrevenda ou de sobrecompra do indicador RSI.

Onde encontrar os indicadores RSI ao vivo nos gráficos?

Se o cálculo do índice RSI permanece complexo e reservado aos investidores mais experientes em termos de análise técnica, saiba que as boas corretoras on-line lhe propõem inseri-lo automaticamente nos seus gráficos ao vivo, o que simplifica muito suas análises e lhe permite uma leitura mais rápida.

Negocie com o índice RSI!*
76% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.