O mercado Euronext: 1º mercado financeiro da zona euro

Se você especula, ou enseja fazê-lo, sobre ações portuguesas ou europeias, é absolutamente necessário que você saiba o máximo sobre a praça financeira Euronext. Neste artigo, vamos apresentar detalhadamente o primeiro mercado financeiro da zona euro, debruçando-nos sobre a forma que é constituído e seu funcionamento.  

Negocie sobre a Euronext!
75% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

Nossas dicas para negociar Euronext

Número da dica 1

Acompanhar-se-á, primeiramente, o crescimento ou a recessão econômica dos principais países que compõem esse mercado. As publicações econômicas mais importantes desses países, dentre os quais o PIB, a taxa de desemprego, os pedidos de bens duráveis ou os índices de confiança, são dados e estatísticas a serem levados em conta.

Número da dica 2

Haverá também de acompanhar de perto as atualidades mais relevantes das maiores empresas que compõem esse mercado. Privilegiar-se-ão as empresas com as maiores capitalizações financeiras e cujos eventos são realmente marcantes.

Número da dica 3

As regulamentações desses países acerca do comércio e da economia em geral são também elementos que podem influenciar a evolução do mercado Euronext.

Número da dica 4

Convém acompanhar de perto o Banco Central Europeu e suas decisões, como as mudanças na taxa de juros ou as ajudas financeiras aos países europeus.

Número da dica 5

O mercado de câmbio é também um mercado interessante de acompanhar no âmbito de suas estratégias no mercado Euronext. Com efeito, o valor do euro frente às outras divisas pode favorecer ou desfavorecer a competitividade das empresas inscritas no Euronext.

Número da dica 6

Finalmente, qualquer evento geopolítico que alcançaria um ou outro dos países, cujas empresas estão inscritas no mercado Euronext, é suscetível de uma influência mais ou menos forte nas cotações desses títulos.

Negocie sobre a Euronext!
75% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor.

O que é a Euronext?

Primeiramente, demoremo-nos alguns instantes para apresentar mais detalhadamente a Euronext, abordando sua definição completa.

Euronext é, na realidade, o nome de uma empresa cotada. Essa empresa, por sua vez, é encarregada de assegurar o bom funcionamento dos mercados financeiros europeus, garantir sua segurança e transparência e zelar pelo seu correto desenvolvimento.

A história da Euronext iniciou-se em setembro de 2000 pela fusão de três importantes bolsas de valores europeias, a saber, a Bolsa de Amsterdã, ou AEX, a Bolsa de Bruxelas, ou BXS, e a Bolsa de Paris, ou ParisBourse. As três entidades assim reunidas deram origem à maior praça financeira da zona euro: a Euronext.

Lembremos também que a empresa Euronext também conduz o mercado de produtos derivados baseado em Londres e conhecido com o nome de Liffe. Mais tarde, em 2017, a empresa Euronext comprou também a Irish Stock Exchange, a Bolsa de Dublin (Irlanda).

Hoje em dia, o grupo Euronext é encarregado do gerenciamento de 1.300 empresas cotadas na zona euro. Suas atividades são controladas pela Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados, a ESMA (European ​Securities and Markets Authority​).

 

Por que a Euronext é atualmente o mercado financeiro mais importante da Europa?

Pelo fato de estar constituída por várias praças financeiras importantes, a Euronext tornou-se, com o passar do tempo, a principal operadora financeira da zona euro. Com efeito, e como mencionado acima, esse mercado é encarregado da organização das cotações de mais de 1.300 empresas inscritas nas praças financeiras de Paris, Amsterdã, Bruxelas ou Lisboa. Ao todo, essas empresas acumulam uma capitalização financeira de mais de 2.600 biliões de euros.

Sabe-se também que, em 2017, a Euronext comprou o ISE, o Irish Stock Exchange, a praça financeira de Dublin que possui uma atividade relevante no gerenciamento de obrigações, a gestão de ativos e fundos de índices. Essa entidade, portanto, vem somar-se às capitalizações financeiras mencionadas acima.

Para reforçar sua presença e facilitar o gerenciamento de tantos ativos europeus, a empresa Euronext desenvolveu, em 2018, uma plataforma de trocas baseada numa tecnologia específica chamada Optiq. Foi no decorrer do último trimestre do mesmo ano que ocorreu a migração da antiga plataforma Xetra para a nova plataforma Optiq. A principal vantagem dessa nova plataforma concerne aos períodos de latência, nitidamente melhorados, bem como o tempo de colocação no mercado e a flexibilidade, que também ganharam em qualidade.

Lembremos também que o grupo Euronext tornou-se o líder que é hoje graças a sua estratégia de aquisições de todos os tipos em longo prazo. Em 2007, sabe-se que o grupo aproximou-se do New York Stock Exchange no intuito de formar o NYSE Euronext. Contudo, foi em 2013 que esse novo mercado passou sob controle do grupo americano ICE, o Intercontinental Exchange Group, que decidiu separar as filiais americana e europeia dessa operadora financeira.

Finalmente, em 2014, o grupo Euronext tornou-se uma empresa independente, cotada nos seus próprios mercados, dentre os quais o compartimento A do mercado parisiense para as capitalizações superiores a 1 bilião de euros.

O capital do grupo Euronext é também o resultado de um pacto de acionistas. Assim sendo, encontram-se, dentre os grandes acionistas desse grupo, grandes bancos internacionais como o BNP Paribas e o Société Générale. Um pacto acionista que, aliás, foi renovado durante o verão de 2017 por um prazo de vários anos.

Para complementar sua compreensão do que representa a Euronext, é também preciso saber que, como qualquer empresa cotada na Bolsa de Valores, essa empresa realiza e publica anualmente um volume de negócios e retorna dividendos aos seus acionistas.

 

Quais são os papeis principais e as missões da Euronext?

Debrucemo-nos, agora, sobre a real utilidade do mercado Euronext, com suas principais funções e atuações. Com efeito, e sob vigilância da Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados, a ESMA, a Euronext é encarregada de estabelecer as regras de adesão dos prestadores de serviços de investimento que almejam tornar-se membros dos seus mercados, as regras de admissão das empresas para entrarem em cotação, ou ainda as regras de funcionamento dos mercados que ela gerencia, dentre os quais:

  • O Primeiro Mercado;
  • O Alternext;
  • O Mercado Livre;
  • O EnterNext, dedicado ao financiamento das PME e ETI;
  • Os Mercados derivados;
  • Etc.

Outra missão relevante da Euronext é garantir o gerenciamento e o controle dos mercados e dos sistemas digitais de cotação, da difusão das cotações em tempo real e da assistência às empresas. A Euronext é também encarregada de controlar os membros dos mercados.

Ainda dentre tais papeis e funções da Euronext, pode-se salientar o fato de que o grupo comercializa também serviços que podem ser repartidos em três setores de atividade. O primeiro deles é a cotação e a admissão das empresas, a publicação e a atualização da lista dos valores mobiliários e dos produtos derivados sendo negociados, e suas respectivas cotações. A Euronext é encarregada do gerenciamento dos mercados e dos sistemas automatizados de cotação, assegurando a difusão das cotações em tempo real, controlando os membros dos mercados e assistindo as empresas para a cotação dos seus títulos ou o gerenciamento de suas operações financeiras.

O segundo setor é o setor da negociação, com a confrontação das ordens de compras e as de venda. Para tanto, a Euronext gerencia uma carteira de ordens central por meio da qual os investidores podem negociar, compensar e liquidar de maneira uniforme no conjunto dos mercados.

Finalmente, o terceiro setor é o da difusão de informações, com, notadamente, a difusão das cotações e dos dados do mercado.

 

Como é organizada a empresa Euronext?

Referente a suas atividades comerciais, o grupo Euronext criou uma divisão específica chamada “Mercados e Vendas Globais”, organizada em cinco grandes unidades comerciais distintas como detalhado a seguir:

  • A unidade dos mercados à vista, que compreende ações, trackers, produtos estruturados e as obrigações (debêntures);
  • A unidade dos derivados financeiros, com os contratos a termo sobre índices e os contratos a termo sobre opções;
  • A unidade dos derivados sobre matérias-primas;
  • A unidade dos serviços de informação, com o preço em tempo real;
  • Finalmente, a unidade da pós-negociação, com a compensação, a conservação e a liquidação de todos os produtos negociados na bolsa e os produtos negociados no mercado de balcão e que são elegíveis na carteira Euronext.

Lembraremos aqui que essa divisão integra também os departamentos encarregados do serviço de clientela, das análises globais e do gerenciamento de projetos.

 

Os diversos compartimentos da Euronext Paris:

Interessemo-nos agora mais especificamente com a praça financeira da Euronext Paris com sua organização. No que se refere a essa praça financeira específica, ela é segmentada em duas partes distintas, de acordo com as empresas inscritas: o mercado regulamentado e o mercado não-regulamentado.

O primeiro mercado é regido por diversas regras. Primeiramente, encontramos três compartimentos: Compartimentos A, B, e C. Em cada compartimento, as empresas inscritas são classificadas em função de sua capitalização financeira, em outras palavras, seu valor nos mercados financeiros.

Para entender melhor como essa divisão é realizada, lembraremos que as empresas inscritas no compartimento A da Euronext são as empresas cuja capitalização financeira total é superior a 1 bilião de euros. No compartimento B, encontram-se as empresas cuja capitalização financeira total se situa entre 150 milhões e 1 bilião de euros. Enfim, no compartimento C, estão as empresas cuja capitalização financeira é inferior a 150 milhões de euros.

No segundo mercado, não regulamentado, encontram-se empresas que não podem entrar no mercado regulamentado, como as empresas de menor porte, dentre as quais grande parte de PME. Graças a esse mercado não regulamentado, empresas que não possuem a capitalização suficiente para integrarem o mercado regulamentado têm ainda a possibilidade de levantar fundos ou usufruir de uma maior exposição midiática e comercial, sem serem submetidas às mesmas obrigações que as empresas integrando o setor regulamentado do mercado Euronext.

No mercado não regulamentado da Euronext, encontram-se também vários mercados menores, notadamente o Euronext Access, que é o antigo mercado livre, renomeado dessa forma em 2017. O mesmo é composto de dois compartimentos, o Euronext Access e o Euronext Access+. Por fim, o mercado não regulamentado compreende também o Euronext Growth, que é o antigo mercado Alternext, também rebatizado em 2017. Nesses diversos compartimentos, não se leva mais em conta a capitalização financeira da empresa e sim outros critérios específicos.

Perguntas frequentemente colocadas

Que tipo de mercado é o mercado Euronext?

O mercado Euronext é a primeira Bolsa de Valores pan-europeia. Trata-se do mercado financeiro da zona euro, que cobre a Bélgica, a França e os Países-Baixos, além do Reino-Unido. O mercado Euronext dá acesso a seus mercados por meio de 5 locais de cotação distintos. Ele possui representantes em Portugal, na Alemanha, Suíça, Espanha e Itália. O Euronext oferece diversos tipos de mercados com pontos de entrada múltiplos.

Onde pode-se consultar a lista das empresas inscritas na Euronext?

É bastante simples consultar o rol das empresas cotadas no mercado europeu Euronext. Você tem várias possibilidades para tanto. A primeira sendo de acessar o site oficial da Euronext, que disponibiliza a lista completa dessas empresas. Você pode também acessar essas listas a partir de uma plataforma de trading on-line, como as plataformas de CFD sobre ações.

Como as empresas são distribuídas nos diversos compartimentos da Euronext?

No dia 31 de dezembro de cada ano, a Euronext revisa a relação das empresas em cada compartimento. Para tanto, a Euronext determina a capitalização financeira de cada empresa levando em conta as ações de primeira linha, as novas ações e as ações privilegiadas, bem como a capitalização financeira das ações subjacentes em caso de certificados de depósitos.

Pode-se investir on-line no mercado Euronext?

Sim! É possível investir agora mesmo e on-line sobre o mercado Euronext e na maioria dos valores inscritos nele. Basta, para isso, possuir uma conta de trading on-line naquela plataforma.

Negocie sobre a Euronext!
75% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor.