Análise da cotação e preço do cobre

A negociação das matérias-primas apresenta muitas vantagens para os investidores individuais que gostam de negociar on-line utilizando um dos instrumentos financeiros disponibilizados pelas corretoras especializadas, os CFD. Dentre os ativos mais apreciados desse mercado, o cobre está bem posicionado, com perspectivas de rendimento atraentes, tanto em longo prazo como por curtos períodos, devido à evolução notável das suas cotações.  

66% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

 

Apresentação geral do cobre:

Todos sabem o que é o cobre, por ele fazer parte de certos utensílios e objetos do nosso quotidiano. Mas sabia que o cobre é também o metal não ferroso mais procurado do mundo? Pois é.

O cobre conta com alguns países produtores, mas o país que extrai o maior volume desse metal é o Chile, com 37% da produção mundial anual. Ele é seguido dos Estados-Unidos com apenas 8% da produção. O restante do cobre mundial é extraído em vários lugares do planeta, mais especificamente, 25 países.

Por outro lado, distinguem-se mais de 77 tipos de cobres no mundo, de acordo com sua qualidade.

Enquanto matéria-prima, o cobre é amplamente utilizado pela indústria, na fabricação de aparelhos elétricos, notadamente, devido a suas propriedades condutoras da eletricidade. Esse setor utiliza, por si só, mais de 50% da produção anual.  Mas o cobre é também utilizado na construção civil, setor que vem em segundo lugar como consumidor do metal.

 

Em que mercados negocia-se o cobre?

O cobre enquanto matéria-prima se negocia principalmente no mercado London Metal Exchange, o LME, com cotações diárias. Encontram-se também, nesse mercado, negociações de futures e de opções no cobre, mas também de produtos derivados com o LME Index como subjacente.

Outros contratos a termo e de opção sobre cobre são negociados no New York Mercantile Exchange, o NYMEX, nos Estados-Unidos, e no Shanghai Future Exchange na China.

A evolução das cotações docobre depende de vários fatores, seguindo principalmente a situação da economia mundial, e americana em especial. Como qualquer matéria-prima, o cobre é influenciado pelo valor do Dólar americano, sua cotação sendo cotada nessa moeda.

 

Cotação do cobre:

É principalmente no mercado londrino do LME (London Metal Exchange) que ocorre a cotação do cobre e que se realizam as operações em nível internacional. As cotações são quotidianas. Também é possível negociar o cobre por meio de contratos a termo, de tipo futuros, ou por opções, ou ainda qualquer tipo de produto derivado, como os CFD, tendo o cobre como ativo subjacente.

 

Análise histórica da cotação do cobre:

A análise técnica da cotação do cobre indica como esse metal evoluiu ao longo dos últimos anos nos mercados. Assim sendo, os gráficos financeiros do cobre dos últimos dez anos são interessantes.

Observa-se uma forte tendência altista entre 2003 e 2006, com um marco histórico alto em USD 8.884,00 por tonelada em maio de 2008, logo após uma correção baixista ocorrida em 2007. A partir de 2008, as cotações do cobre estiveram em queda, puxadas pela queda dos mercados financeiros e das matérias-primas devido à crise econômica.

Faz alguns anos que a cotação do cobre parece estabilizada em torno de USD 7.000,00 por tonelada. Observa‑se, no entanto, muitos micro movimentos trazendo oportunidades para os investidores que utilizam os CFD para investir on‑line.

 

A evolução dos preços do cobre em função da oferta:

O cobre é extraído sob forma de minério, principalmente no Chile e no Peru, ambos os países somando cerca de 41% da produção mundial. Por esse motivo, os incidentes que afetam de perto ou de longe esses dois países e suas relações com o resto do mundo podem ter uma influência direta sobre a produção e a exportação de cobre e, portanto, influenciar também a cotação dessa matéria-prima.

Atualmente, a produção do Chile, que é a mais importante, está estagnando, o que leva os países importadores a buscar outros fornecedores.

 

A evolução dos preços do cobre em função da demanda:

Enquanto Chile e Peru se dividem a maior parte da produção mundial de cobre, China e Japãosão os maiores importadores do metal. O cobre é, com efeito, um material muito importante para a indústria por causa de sua resistência à corrosão e sua excelente condutividade elétrica. Ele é também utilizado na fabricação de equipamentos eletrônicos e cabeamentos elétricos, mas também em hidráulica e na construção civil.

O cobre pode ser utilizado puro ou na forma de liga com zinco, níquel ou alumínio.

 

Indicadores a serem acompanhados para negociar cobre:

Para especular nas cotações do cobre, é primordial poder antecipar as flutuações futuras desse mercado. Para tanto, basta se ater aos indicadores pertinentes. Apresentamos os principais a seguir: 

  • A saúde da economia americana, um dos indicadores mais confiável por causa de uma forte correlação.
  • O valor do Dólar americano frente às outras principais divisas, pois ele influencia as cotações tanto para a alta quanto para a baixa.
  • A saúde da indústria mundial, em especial a da produção de aparelhos elétricos.

 

Classificação: 3.85 55 votos

Como negociar o cobre on-line?

Você deseja negociar na cotação do cobre ao vivo e on line? Cadastre se sem mais demora numa corretora on line de confiança e efetue seus primeiros investimentos.

Conheça o trading do cobre!
66% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.