Como funciona o mercado de ações?

Para todos os investidores no mercado financeiro, o mercado de ações é aquele que parece o mais popular, por motivo da sua simplicidade de funcionamento, por um lado, e pelo número de valores nacionais e internacionais nos quais é possível especular, por outra. Obviamente, esse mercado de ações beneficia também os acionistas que compram esses títulos no intuito de receber dividendos. Vamos explorar o que define e como funciona esse mercado detalhadamente.  

Invista no mercado de ações!
Como funciona o mercado de ações?
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.
Classificação: 3.95 19 votos

 

O que é o Mercado de ações?

O mercado de ações é o mercado em que as empresas podem emitir títulos em busca de financiamentos. Os investidores que compram esses títulos tornam-se acionistas da empresa e recebem dividendos calculados a partir dos lucros realizados pela empresa graças ao financiamento obtido e proporcionais ao número de ações adquiridas.

O mercado de ações permite, portanto, adquirir títulos de todas as empresas listadas em Bolsa nos diversos mercados financeiros mundiais.

 

Organização do mercado de ações:

Por sua vez, o mercado de ações é dividido em vários tipos de mercados:

  • O Primeiro Mercado, que junta as maiores empresas cotadas na Bolsa de Valores e que é dito ‘mercado à vista’. É possível, no entanto, pagar seus títulos mensalmente, aderindo ao SDR. Para serem cotadas nele, as empresas devem atender determinadas condições, dentre as quais oferecer pelo menos 25% do seu capital ao público e publicar as contas dos últimos três exercícios. Devem também realizar um volume de negócios superior a 75 milhões de euros;
  • O Segundo Mercado, por sua vez, junta as empresas de médio porte, mas sempre interessantes. Para serem integradas nesse mercado, as empresas devem disponibilizar ao público mais de 10% do seu capital e publicar ao menos os últimos dois exercícios;
  • O Novo Mercado concerne às empresas jovens, cujo potencial é avaliado como interessante a médio ou longo prazo;
  • O mercado livre OTC (Over The Counter), ou ‘mercado de balcão’, é regido pelo mercado Euronext Paris, mas não é regulamentado. Para uma empresa ser representada, basta apresentar seus últimos dois exercícios e os estatutos. Aqui, é um possuidor de títulos acionários que deve pedir a cotação.

 

Funcionamento do mercado de ações:

O mercado acionário funciona como a maior parte dos outros mercados financeiros, ou seja, passando ordens de compra ou venda de títulos listados. Outras condições podem constar nas ordens, tais como condições de preço ou limites de validade.

Mais frequentemente, são os bancos ou empresas especializadas em investimento que são encarregados de colher as ordens dos seus clientes e transmiti-las no sistema de cotação, o pregão, por meio eletrônico.

No mercado de ações, as ordens são executadas conforme uma direção bem definida. Pode-se tratar de uma ordem de prioridade baseada no preço, por ordem crescente, ou no tempo, por ordem cronológica.

 

Os diversos tipos de ações do mercado e suas especificidades:

Distinguem-se diversos tipos de títulos financeiros no mercado das ações. Seguem os principais e suas características específicas:

  • As ações ordinárias: Também chamadas “ações” ou “papéis”, são emitidas por uma empresa quando de sua fundação, em busca de um aporte em dinheiro, quando do aumento de capital social de uma empresa, também em busca de um aporte em dinheiro, ou então no âmbito de uma distribuição gratuita de ações;
  • As ações com direito à subscrição: Tais ações oferecem uma vantagem a seu possuidor. Com efeito, elas permitem, ulteriormente, subscrever novas ações com vantagens financeiras;
  • As ações preferenciais: Sem direito a voto, essas ações foram inauguradas em 1988 e apresentam geralmente dividendos maiores que as demais ações. No entanto, a quota de tais ações no capital social de uma empresa não pode ultrapassar 25%;
  • As ações com duplo direito a voto: Como o nome indica, essas ações permitem dois votos por título ao invés de um só.

Nos mercados on-line, você poderá negociar principalmente as ações ordinárias.

 

Primeira cotação:

Quando uma ação é listada na Bolsa de Valores pela primeira vez, é difícil efetuar uma cotação clássica, já que o desempenho do título ainda não é conhecido. Porém, é o que acontece. Com efeito, a primeira cotação de um título no mercado financeiro é diferente da primeira cotação de um índice pelo fato dela corresponder ao preço que ao valor que os compradores são dispostos a pagar por ela e ao preço que o vendedor almeja. Detalharemos esse cálculo abaixo.

 

Calculo efetuado para estabelecer a cotação de uma ação:

O cálculo necessário para elaborar a cotação de uma ação é ao mesmo tempo simples no seu princípio e complexo quanto a sua aplicação no âmbito do mercado financeiro. Vamos explicar aqui da forma mais simples como a cotação de uma ação é avaliada nos mercados financeiros.

De maneira sintética, pode-se dizer que a cotação de uma ação é determinada pela oferta e a demanda. No mercado financeiro, os vendedores de títulos oferecem um preço mínimo para venderem suas ações e o número de ações que estão dispostos a vender. Os compradores, por sua vez, informam do número de ações que estão querendo comprar e a que preço máximo. O preço escolhido será aquele que permitirá vender o maior número de títulos levando em consideração compradores e vendedores.

 

Quais são as ordens em Bolsa que você pode passar no mercado de ações?

No mercado de ações, passam‑se diariamente ordens de compra e de venda. Tais ordens são limitadas no tempo e são passadas seja “a qualquer preço”, seja por “limite de cotação”, com um valor mínimo de venda ou um valor máximo de compra.

Essas ordens de Bolsa são passadas por investidores ou emissores, e executadas por membros do mercado. É um software complexo que executa as transações. As estações de trabalho dos negociadores, os traders, são interligadas com os computadores do mercado Euronext ou outros mercados financeiros internacionais.

Operar com ações diretamente dos mercados:

Não precisa possuir uma conta-títulos ou outro produto de aplicação financeira para aproveitar as flutuações do mercado de ações já que você pode negociar os títulos da sua escolha diretamente por meio dos CFD dos brokers Forex.

Invista no mercado de ações!*
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.