Axa : A crise da Covid-19 pode ter repercussões nos resultados de 2020

  •   07/05/2020 - 10h40
  •   DEHOUI Lionel

Na terça-feira passada, a empresa Axa anunciou que a crise de saúde do coronavírus pode ter um impacto em suas atividades para o ano fiscal de 2020 (como todas as outras empresas). A empresa indicou que registou um número reduzido de baixas relacionadas com a Covid-19 em Março de 2020. Neste contexto actual marcado pela crise de saúde dos coronavírus, o grupo Axa viu o seu rácio de solvência diminuir. Este último diminuiu 182 por cento no final de março de 2020, 16 pontos abaixo de 2019. Além disso, seu índice de endividamento está abaixo de 28% após a liquidação da dívida em abril.

Negocie a ação AXA!
80.5% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.
Axa : A crise da Covid-19 pode ter repercussões nos resultados de 2020
Direitos autorais da imagem: Laurent Grassin - Flickr

O declínio nas vendas no primeiro trimestre

O Grupo Axa, líder na Europa e no mundo no setor de seguros, registrou uma queda no volume de negócios no primeiro trimestre do ano. É isso mesmo! Estes últimos caíram 9% numa base reportada, mas aumentaram 4% numa base comparável, para 31,7 mil milhões de euros. Isto deveu-se ao aumento dos negócios em todas as linhas do sector segurador a nível mundial e, em particular, aos preços excepcionais.

o mês de Março registou um declínio no volume de negócios não muito longe dos 5% em comparação com o ano passado. Além disso, os primeiros resultados do mês passado prevêem um decréscimo de quase 12%. Esta redução diz respeito à maioria das diferentes regiões do mundo, em comparação com Abril do ano passado.

 

A declaração do Director Geral

O diretor executivo do Grupo Axa, Thomas Bubel, diz que as alegações relacionadas com a crise do coronavírus durante o mês de março são limitadas. Além disso, os efeitos da crise de saúde ainda não estão bem situados. Mas ele acrescenta que a crise terá um impacto negativo nos resultados da seguradora global para o ano 2020.

De facto, o grupo assinala que as medidas restritivas adoptadas pelos governos de todo o mundo terão necessariamente um impacto nas actividades. As medidas restritivas terão um impacto progressivo nas vendas e no volume de negócios do grupo ao longo do ano.

 

Outras informações

De acordo com uma previsão inicial da seguradora, as perdas relacionadas com a crise de saúde do coronavírus e os eventos cancelados serão muito grandes. A empresa prevê um prejuízo de várias centenas de milhões de euros antes e depois de impostos. No entanto, é muito cedo para publicar uma previsão de perdas para perdas operacionais ao longo do ano.

Lembrete : A Axa é um grupo francês criado em 1985 que opera no sector dos seguros. O grupo é o líder mundial na área de seguros e sua principal atividade é a proteção financeira, como seguros de vida, gestão de ativos e seguros não-vida.