Comprar ações do Microsoft

As ações da empresa Microsoft estão dentre as mais conhecidas do mercado de tecnologias e renderam muitos lucros a muitos investidores devido à ascensão espetacular da empresa emissora desses títulos. É, portanto, bastante tentador investir nesses títulos, seja por meio de produtos de aplicação financeira em bancos ou utilizando plataformas de negociação on-line. Porém, mesmo para especular com eficiência nos títulos dessa empresa internacionalmente conhecida e tendo um volume de negócios fora do comum, é preciso ter alguns conhecimentos básicos acerca da atividade da Microsoft e sua evolução histórica. Seguem, portanto, algumas indicações preciosas e algumas recomendações a serem aplicadas.  

Invista na Microsoft agora!
Comprar ações do Microsoft
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

Classificação: 4.33 61 votos

 

Apresentação geral da empresa Microsoft:

A empresa Microsoft foi fundada nos Estados-Unidos em 1975 pelos seus sócios fundadores Bill Gates e Paul Allen que, hoje, são dentre os maiores e mais conhecidos empresários norte-americanos.

Muito rapidamente, a empresa Microsoft conseguiu o sucesso tornando-se a Nº 1 mundial no desenvolvimento e na comercialização de sistemas operacionais para computadores e de softwares para PC e servidores. Depois, a Microsoft aproveitou o desenvolvimento da Internet para ampliar ainda mais seu campo de atuação com a criação do Windows Live.

Mas o sucesso desta empresa foi bastante controverso, já que alguns concorrentes a acusaram de abuso da sua posição de líder nesse mercado.

O volume de negócios da empresa Microsoft ultrapassa a barra de 58 bilhões de euros e seu resultado líquido anual fica em torno de 16 bilhões de euros. Pode‑se distribuir a atividade dessa empresa da seguinte forma:

  • Os sistemas operacionais representam 50% do volume total de negócios da empresa;
  • Os softwares participam em 31% do volume de negócios global da Microsoft;
  • Os vídeos games, dentre os quais a famosa Xbox, contribuem por 14% do volume total;

Enfim, as prestações na Internet representam somente 5% do volume de negócios total da empresa.

 

Principais concorrentes da Microsoft:

O grupo Microsoft é ainda o líder em suaárea predileta que são os sistemas operacionais,já que oWindows ainda é instalado na grande maioria dos computadores. Mas, frente a um desenvolvimento tecnológicocada vez mais crescente, ele soube diversificar suas atividades e, portanto, enfrenta uma nova forma de concorrência que concerneaos setores das novas tecnologias no geral

Para melhor entender quais são as empresas suscetíveisdetomaralgumas partes de mercado àMicrosoft, segue uma lista de alguns dos seus concorrentes pelo mundo, cuja maioria, como você irá constatar, são empresas cotadas na Bolsa de Valores.

  • Apple nos sistemas operacionais;
  • Hewlett-Packard Company nosterminais;
  • IBM no sistema de informática;
  • Oracle Corporation;
  • Google na Internet;
  • Nintendo;
  • Sony Corporation nos telefones celulares;
  • Yahoo! Inc. nas soluções Internet;
  • VMware, Inc.;
  • Intel Corporation nos microprocessadores e processadores;
  • Amazon.com, Inc.;
  • Salesforce.com, inc.;
  • SAP AG;
  • Cisco Systems Inc. nos microprocessadores e tecnologias;
  • CA Technologies.

 

Os principais parceiros da Microsoft:

A Microsoft étambém parceira de diversos tipos de empresas pelo mundo, algumas delas igualmente cotadas na Bolsa de Valores.

É particularmente o caso da empresa Schneider Electric, com uma parceria no âmbito do desenvolvimento de tecnologiasdisruptivas visando otimizar as operações e transformar os produtos e serviços através da IoT.

Outra parceria, assinada com Thales em 2015,oferecehoje novos serviços que permitemcriptografar informações confidenciais antes de serem enviadas por e-mail ou de armazená‑las na nuvem.

Finalmente, a Microsoft anunciou uma parceria com a Publicis tendo como objetivo aumentar a potência dos dados on-line e off-line em benefício das grandes empresas.

 

Introdução e cotação da ação Microsoft:

Em 1986 a empresa Microsoft foi introduzida pela primeira vez na Bolsa de Valores. Hoje ela ainda é listada no mercado americano do Nasdaq. Após sua introdução, a ação Microsoft evoluiu principalmente na alta, passando para USD 24,31 por alguns meses durante o ano de 2005 antes de cair para 21.92 dólares em 2006.

Seguiu-se um período de alta até dezembro de 2007, quando ela atingiu a marca de 37,06 dólares, antes de nova queda em 2008, devido à crise que levou os preços ao nível histórico mais baixo, com USD 15,28.

Desde então, as ações da Microsoft recuperaram muitos pontos, subindo até 28,58 dólares em 2010.

A capitalização financeira global dessa empresa chega, hoje, a mais de USD 250 bilhões. É importante lembrar que os títulos da Microsoft fazem parte do índice americano Dow Jones.

 

Algumas sugestões para negociar as ações Microsoft:

A empresa Microsoft tem, sem dúvida, bons tempos à frente e, portanto, deveria seguir lucrando muito nos próximos anos, fazendo novos investimentos e desenvolvendo inovações em informática. Portanto, é sábio investir no longo prazo sobre o rendimento desses títulos. Portanto, pode comprá-los por meio de produto de aplicação financeira de um banco on-line.

Mas as ações Microsoft também são propostas aos negociadores por meio dos CFDs na maioria das plataformas de trading on-line. Torna-se possível, então, especular no curto prazo, tanto sobre a alta como a baixa desta ação. Para isso, convém analisar os diversos mercados tecnológicos, principalmente o da informática e da telefonia móvel.

 

Distribuição do volume de negócios da empresa Microsoft e seu efeito na Bolsa de Valores:

Veja a seguir como a Microsoft constitui seu volume de negócios em função dos setores de atividade que ela explora. Com efeito, essa empresa utiliza sete segmentos de produtos entre os quais: Produtos Cliente, Servidor e Ferramentas, InformationWorker, Microsoft Business Solutions, MSN, Mobile e EmbeddedDevices e Home andEntertainment

  • Na parte Cliente, encontram-se os sistemas operacionais Windows, cada vez mais ligados à venda de equipamentos, já que pré-instalados em muitos computadores;
  • A parte Servidor e Ferramentas concerne, entre outros, ao servidor Exchange;
  • A parte InformationWorker se refere às ferramentas de Office: Word, Excel, e a exploração de suas licenças.

Esses três segmentos representam, por si só, a maior parte do volume de negócios da empresa Microsoft.

Graças à diversidade dos seus produtos e serviços, a Microsoft pôde introduzir sua ação na Bolsa de Valores em 13 de março de 1986 no mercado americano do Nasdaq. Desde então, a empresa se tornou a segunda maior empresa mundial em termos de valorização financeira com uma valorização de 408,68 bilhões de dólares em novembro de 2014.

Desde o dia 1º de dezembro de 2004, a empresa começou a distribuir dividendos aos seus acionistas, no valor de USD 3,00 por ação, notadamente por meio de uma redução da taxa associada que passou, à época, de 35% para 15%. Naquele ano, a Microsoft distribuiu nada menos do que USD 28 bilhões aos seus acionistas.

 

Dados financeiros importantes de conhecer acerca da ação Microsoft:

A fim de começar a negociar sobre a cotação da ação Microsoft, é importante conhecer as informações acima, referentes às atividades do grupo e sua evolução, mas também alguns dados financeiros que lhe damos a seguir:

  • A capitalização financeira total da empresa Microsoft alcançou, no início do ano 2017, a marca de USD 505.998,65 milhões;
  • A cotação da ação Microsoft é atualmente inscrita no mercado Nasdaq Global Select Market do Nasdaq nos Estados‑Unidos;
  • Essa empresa faz parte do cálculo do índice financeiro americano Dow Jones Industrial Average;
  • The Vangard Group possui 6,07% das partes da empresa Microsoft e a empresa Black Rock outros 5,60%. O restante é constituído por acionistas privados e institucionais.

Com o conjunto de dados que lhe comunicamos aqui, você está em condições de realizar análises técnicas precisas da evolução da cotação da ação Microsoft.

 

As vantagens e os pontos fortes da ação Microsoft enquanto ativo financeiro:

As estratégias altistas são frequente na cotação da ação Microsoft, mas antes de se atirar nesse tipo de posição, você deve certificar‑se de que o grupo americano está em condições de manter seu crescimento nos anos que estão por vir. Para tanto, é preciso conhecer seus trunfos e é o que lhe propomos aqui, com um resumo dos pontos fortes da empresa Microsoft e, portanto, do seu título.

O maior trunfo da empresa Microsoft é, sem dúvida, seu posicionamento no mercado mundial. Com efeito, essa empresa está presente no seu setor de atividade com produtos reconhecidos de alta qualidade faz uns quarenta anos. Devido a essa ancianidade e seu know‑how, a Microsoft conseguiu conquistar um largo público e goza hoje de um reconhecimento internacional. Os carros-chefes do grupo, com os computadores pessoais e os softwares, constituem hoje o equipamento de inúmeros lares, não somente nos países desenvolvidos, mas em todo o mundo.

A fidelização da clientela é também outro grande trunfo da Microsoft. De fato, graças a forte presença dos produtos Microsoft na maior parte das casas, o grupo dispõe de uma base de clientela leal e muito numerosa. Esses produtos servem também de suporte para a propaganda de produtos complementares ou outros softwares desenvolvidos pela companhia. Como exemplo, os sistemas operacionais Windows oferecem sempre a última versão para atualização aos seus usuários. Graças a esse sistema de marketing, a Microsoft não precisa fazer muitos esforços para promover seus produtos, renovando continuadamente as necessidades dos seus clientes.

Talvez você saiba que a Microsoft está no quinto lugar no ranking das maiores empresas mundiais em montante de capital. Isso nos leva a mais uma vantagem inegável dessa empresa. Com efeito, as capacidades de inovação desse grupo são enormes, o que lhe deixa muitas possibilidades de pesquisa e inovação, mas também de oportunidades de compras que podem trazer benefícios ao grupo quanto a sua futura competitividade. Esse capital importante permite também à Microsoft a possibilidade de implementar uma estratégia de marketing muito agressiva que lhe rende cada vez mais partes de mercado.

Apesar de um sistema que não integra muito os softwares livres, a Microsoft se destaca dos seus concorrentes do ramo por seus produtos e serviços de qualidade. Ela oferece, notadamente, várias opções e um suporte aos clientes muito reativo e de qualidade que contribui para a imagem positiva da marca.

Em suma, o balanço financeiro e econômico do grupo é um verdadeiro trunfo para tranquilizar e atrair os investidores. Os objetivos fixados são geralmente alcançados com facilidade e os lucros sempre presentes.

 

Os inconvenientes e as fraquezas da ação Microsoft enquanto ativo financeiro:

Como o vimos, o grupo Microsoft dispõe de muitas forças positivas para assegurar sua perenidade futura. Mas antes de você se lançar numa estratégia altista de longo prazo, você deve também conhecer as fraquezas desse título e os elementos que eventualmente podem reduzir seu desenvolvimento e seu crescimento nos próximos anos. São essas informações que lhe propomos de descobrir aqui com um resumo dos principais pontos fracos desse valor.

O primeiro grande defeito do grupo Microsoft se refere a sua política de preço, frequentemente considerada demasiadamente elevada. Com efeito, a Microsoft deve cada vez mais enfrentar uma concorrência importante por parte dos softwares livres e, portanto, gratuitos, que são uma concorrência direta aos seus. É o caso, por exemplo, do OpenOffice, que apresenta as mesmas funções que o MS Office, mas que é totalmente gratuito. É também o caso de alguns sistemas operacionais, como o Linux, que são oferecidos gratuitamente. Embora a Microsoft aposte na qualidade dos seus produtos, ela perde muitos clientes e partes de mercado devido a sua política de preços altos e a situação, nesse ponto, poderia piorar com o tempo, notadamente por causa de uma queda de poder aquisitivo nos países mais desenvolvidos.

Por outro lado, o grupo Microsoft também conta com muitos concorrentes na área de comercialização de produtos e serviços pagos. Com efeito, as empresas especializadas em tecnologias e informática são cada vez mais numerosas e, enquanto a Microsoft, outrora, lidava com apenas um ou dois concorrentes, ela lida hoje com centenas deles abocanhando partes desse grande mercado. Evidentemente, sempre são os gigantes da área, como Apple e Google, que permanecem apresentando o maior risco para essa empresa, pois se trata também de multinacionais dispondo de capital importante e, portanto, de capacidades elevadas de inovação. Essa concorrência crescente traz ao consumidor cada vez mais escolha em termos de produtos nessa linha, o que evidentemente desfavorece a Microsoft.

 

Como realizar uma boa análise fundamentalista da cotação da ação Microsoft?

Finalmente, para concluir essa ficha detalhada sobre a ação Microsoft, seguem algumas recomendações para realizar uma boa análise fundamentalista desse título. Se, para analisar esse título, a análise técnica é da maior importância, é também necessário comparar os sinais obtidos através desta com os de uma análise fundamentalista aprofundada. Para tanto, você deve, claro, conhecer as oportunidades e as ameaças que se apresentam para a Microsoft nos meses e anos que estão por vir. Seguem, portanto, os elementos nos quais você deve prioritariamente centrar a sua atenção.

Em primeiro lugar, falemos das oportunidades de desenvolvimento e de crescimento dessa empresa. Como o vimos acima, o grupo Microsoft dispõe de um capital muito volumoso que não foi totalmente explorado. Convém, portanto, ficar de olho nos investimentos em P&D do grupo, bem como nas eventuais operações de compra de empresas ou start‑up exercendo em determinados setores de tecnologia de ponta que poderiam permitir à Microsoft permanecer na liderança dos produtos e serviços tecnológicos.

O grupo Microsoft também tem em vista a plena exploração de sua base de clientela. Com efeito, se as vendas estão estagnando no momento, uma boa estratégia de marketing buscando aumentar as despesas da clientela já existente poderia incrementar o crescimento da empresa. Todas as estratégias implementadas nesse sentido deverão ser acompanhadas com a maior atenção por causa dos desdobramentos importantes que podem ter sobre a cotação desse título.

Evidentemente, o futuro da empresa Microsoft não apresenta somente oportunidades para o grupo que deve enfrentar também algumas ameaças, notadamente em razão do aumento constante de empresas no setor tecnológico.

Como exemplo, apesar de a Microsoft ter grande notoriedade na sua área predileta que são os computadores e os softwares, ela se arrasta em outros segmentos, ainda que promissores, como é o caso da telefonia móvel. Outras grandes empresas, como a Apple, enxergaram com mais rapidez as oportunidades nesse setor e aproveitaram para despontar. O futuro dos produtos Microsoft nessa área poderia influenciar significativamente a cotação de sua ação na Bolsa.

Como o vimos enquanto ponto fraco da Microsoft, os preços dos produtos oferecidos pelo grupo são relativamente elevados em comparação com vários concorrentes mais acessíveis. Ao prosseguir com essa política, a Microsoft perde uma parte de mercado. Portanto, é interessante e estratégico verificar se a empresa vai, num futuro próximo, implementar uma estratégia comercial de softwares e produtos mais acessíveis a fim de retomar algumas partes de mercados nesse nicho.

Afinal, e tendo em vista os diversos elementos que lhe revelamos aqui, aparece claramente que a cotação da ação Microsoft depende de diversos fatores facilmente identificáveis. A partir desses elementos, lhe é possível realizar desde já uma análise fundamentalista de qualidade de sua cotação, bem como uma boa análise técnica, e cruzar os dados obtidos com esses dois métodos.

Como ganhar dinheiro com a ação Microsoft?

Todo mundo conhece mais ou menos a “success story” da empresa Microsoft e, por tabela, da sua ação na Bolsa de Valores. Por que não faria parte, você também, dessa grande aventura apostando na cotação dessa ação?

Invista na Microsoft agora!*
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.