Comprar ações do FIAT

Os títulos das empresas especializadas na indústria automobilística estão dentre os preferidos dos investidores individuais, seja por causa de sua forte volatilidade seja pela facilidade em obter informações sobre a atividade de um determinado grupo desse setor. Entretanto, para obter lucro negociando ações como as do grupo Fiat, é preciso saber analisar corretamente sua cotação e, assim, desenvolver uma estratégia de trading objetiva. Seguem algumas recomendações:  

Abra uma posição na Fiat!
Comprar ações do FIAT
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

Classificação: 4.03 33 votos

 

Acerca do grupo Fiat:

Hoje em dia, o grupo Fiat é um dos líderes da construção de automóveis na Europa. Porém, suas atividades são diversificadas e não se limitam à produção de veículos.Com efeito, Fiat aufere a maior parte do seu volume de negócios com a venda de automóveis, mas também com a venda de equipamentos automobilísticos. O grupo oferece também prestações de serviços, como a manutenção.

Com 159 locais de produção espalhados pelo mundo, Fiat alcança principalmente o mercado europeu, mas também a América do Norte e a América Latina.

 

Os principais concorrentes da Fiat:

Faz alguns anos que a montadora de automóveis italiana tem dificuldades para se posicionar no mercado internacional com vendas cada vez menores. No entanto, graças a uma política de preços, inferiores aos dos seus principais concorrentes, a marca parece querer dar a volta por cima desde 2016. É importante conhecer os principais concorrentes da Fiat, bem como a classificação mundial das montadoras de automóveis para implementar suas estratégias financeiras nesse setor. A Fiat está em sétimo lugar nesse ranking e lhe propomos de descobrir abaixo a classificação dos seus principais concorrentes:

  • Com 10.151.000 veículos vendidos em 2016, a Toyota está no 1º lugar do ranking mundial de vendas de automóveis;
  • A americana General Motors vem no segundo lugar com 9.958.000 vendas;
  • Logo atrás, a Volkswagen está em terceiro lugar com 9.930.600 veículos vendidos;
  • A francesa Renault e a Nissan chegam no 4º lugar com 8.528.887 vendas em 2016;
  • O quinto colocado neste ranking é o grupo Ford, com 6.635.000 veículos;
  • Em sexta posição encontramos a Hyundai-Kia;
  • A Fiat, então, é 7ª;
  • A japonesa Honda está em oitava posição;
  • O grupo PSA, Peugeot-Citroën, é o nono do ranking mundial;
  • Por último vem a BMW na décima posição.

 

Os principais parceiros da Fiat:

O grupo Fiat implementou diversas parcerias estratégicas no decorrer dos últimos anos. Segue um resumo dos mais recentes acordos firmados com outras empresas.

Desde 2012, a Fiat e parceira da montadora japonesa Suzuki com a qual puseram algumas linhas de montagem em comum a fim de reduzir o custo de fabricação dos seus veículos.

O grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles) anunciou em 2016 que iria se associar ao gigante americano Google a fim de colaborar diretamente na elaboração dos futuros veículos autônomos Google Car. A Google trabalhará no Chrysler Pacifica de segunda geração, apresentado na ocasião do último Salão de Detroit, Michigan, berço da marca americana Chrysler.

 

Análise da cotação da ação Fiat:

Embora Fiat seja originalmente uma empresa italiana, sua ação é cotada no mercado NYSE Euronext Paris e integra o índice financeiro FTSE MIB.

Sua cotação não parou de crescer desde 2010 devido a um volume de negócios em constante aumento. Essa tendência promete prosseguir até 2015 de acordo com a análise técnica efetuada por profissionais desse setor de atividade.

 

Dados financeiros importantes acerca da ação Fiat:

No intuito de lhe fornecer todas as informações necessárias para implementar suas estratégias de investimento na Bolsa de Valores sobre a ação Fiat, vamos deixá-lo a par de alguns dados financeiros gerais acerca desse título e sua posição no mercado financeiro internacional.

  • Em 2017, a empresa Fiat alcançauma capitalizaçãofinanceira total da ordem de 18.710,79 milhões de euros;
  • O número de títulos emitidos pela empresa Fiat e circulando no mercado financeiro é, nesse mesmo período, de 5.815.721;
  • A cotação da ação Fiat é atualmente inscrita no MercatoTelematicoAzionario de laBorsa Italiana na Itália;
  • A empresa Fiat faz também parte da composição do índice financeiro nacional italiano FTSE MIB;
  • O painel acionista da empresa Fiat se compõe, com 29,41% das partes, com a empresa Exor, 3,70% das partes são da empresa Harris Associates, 3,56% daempresaBaillieGifford& Co e, com 3,45% das partes, pela Tiger Global Management.

Graças a esses dados genéricos e outras informações, como a análise técnica histórica e as atividades detalhadas da empresa Fiat, você vai poder negociar da melhor maneira esse título on-line.

 

Vantagens e pontos fortes da ação Fiat enquanto ativo financeiro:

Muitos investidores na Bolsa de Valores escolhem apostar sobre a cotação da ação Fiat em longo prazo por meio de uma estratégia de compra ou de venda, como os CFD dos brokers on-line o permitem. Mas antes de se engajar numa tomada de posição longa nesse título financeiro, você deve, evidentemente, compreender como o grupo Fiat é capaz de gerenciar seu crescimento e seu desenvolvimento nos anos que estão por vir e, assim sendo, antecipar melhor a atração dos investidores pela sua ação na Bolsa no futuro. É o que lhe propomos agora através dessa recapitulação das forças e das fragilidades dessa empresa, a começar por elencar os principais pontos que fazem a força do grupo italiano.

Dentre os grandes trunfos do grupo Fiat pode-se citar, primeiramente, sua capacidade em conduzir estratégias de desenvolvimento em todo lugar do mundo, notadamente por meio de parcerias. Com efeito, o grupo multiplica as aproximações com outras empresas e aposta também na criação de joint-ventures, notadamente na França, Turquia, Índia, Paquistão, China, Sérvia e Rússia, a fim de reduzir os seus custos de produção e, assim, produzir veículos com preços competitivos.

Apreciar-se-á também a forte capacidade de produção do grupo Fiat que tem a capacidade de abarrotar o mercado com seus veículos. Com efeito, a empresa pode contar com uma força de trabalho de mais de 130.000 funcionários em todo o mundo, o que lhe permite produzir nada menos do que 2 milhões de veículos por ano e, portanto, atender sem problema qualquer demanda.

Ainda no que concerne aos principais pontos fortes dessa empresa automobilística, consta-se o seu posicionamento no seu setor de atividade. Lembremos, de fato, que a Fiat se encontra atualmente dentre as 10 maiores montadoras de automóveis do mundo, mas também que ela é líder desse setor na Itália.

Embora a marca Fiat produzisse principalmente veículos populares ou de padrão médio, ela se beneficia da popularidade de certas marcas que lhe são associadas por fazerem parte do mesmo grupo empresarial. Trata-se aqui, evidentemente das marcas Ferrari, Maserati ou ainda Alpha Romeo, consideradas dentre as mais prestigiosas do mundo.

O grupo Fiat é conhecido, também, pela sua estratégia de expansão internacional e, notadamente, por suas operações bem-sucedidas nos países emergentes. Assim sendo, o grupo criou recentemente uma joint-venture com o grupo TATA Motors e com a empresa Chery na China, duas operações que já lhe permitem angariar lucros adicionais.

De maneira geral, pode-se constatar que a estratégia de marketing do grupo Fiat demonstrou ser muito incisiva e eficaz. Com efeito, a marca se beneficia de boa publicidade em todos os canais de comunicação, desde a imprensa escrita até a Internet passando, claro, pela televisão e o rádio. Dessa forma, a marca Fiat alcança um vasto leque de consumidores e mantém assim ampla visibilidade.

Enfim, citemos como último trunfo do grupo Fiat a sua capacidade em ultrapassar seus próprios recordes de produção. Não raro, de fato, a empresa publica números em aumento a cada ano no que se refere ao número de veículos produzidos, o que evidencia o crescimento do seu volume de vendas.

 

Inconvenientes e fragilidades da ação Fiat enquanto ativo financeiro:

Agora que tomou conhecimento das várias forças do grupo Fiat, você deve, certamente, se sentir tentado por tomar logo uma posição de compra na sua ação na Bolsa de Valores. Mas antes de seguir em frente nessa estratégia, recomendamos tomar conhecimento também das fragilidades dessa empresa, fragilidades essas que podem pesar no seu crescimento e, portanto, nas tendências altistas do seu título.

Primeiramente, e mesmo se o grupo Fiat realiza uma estratégia de desenvolvimento muito interessante e consta dentre as maiores montadoras de veículos do mundo, ele só possui, na verdade, poucas quotas de mercado comparando com as grandes marcas de veículos que são seus concorrentes. Resta ao grupo, portanto, fazer muitos esforços para ingressar o ranking dos líderes dessa indústria.

Enfim, e apesar das diversas operações de parcerias e joint-ventures realizadas nesses últimos anos, o grupo Fiat não conseguiu se implantar de forma duradoura em certas zonas geográficas. Essa situação concerne notadamente aos mercados dos países emergentes nos quais seus principais concorrentes entraram muito antes. Sem esse desenvolvimento externo, a Fiat poderia ter ainda mais dificuldades para conquistar novas quotas do mercado mundial e se alçar nesse ranking.

De maneira geral, notaremos que o grupo Fiat dispõe de mais pontos fortes do que fragilidades e beneficia, portanto, de perspectivas positivas em médio e longo prazo.

 

Como realizar uma boa análise fundamentalista da cotação da ação Fiat?

Para encerrar esse artigo acerca da ação Fiat e sempre com o intuito de ajudá-lo(a) a implementar a melhor estratégia de investimento possível sobre a cotação desse título, lhe propomos agora de atentar a algumas recomendações acerca da análise fundamentalista desse valor mobiliário. Para efetuar essa análise, você deve prioritariamente levar em consideração as oportunidades e ameaças que se apresentam ao grupo para os anos que estão por vir, dentre as quais elencamos a seguir as mais importantes.

Interessemo-nos em primeiro lugar às oportunidades de desenvolvimento do grupo para os próximos anos acompanhando os seguintes elementos:

  • Primeiro, sabemos que o grupo Fiat investiu muito em pesquisa e desenvolvimento esses últimos anos no segmento dos veículos híbridos e em carros econômicos em termos de gasto com combustível. Ocorre que esse mercado é cada vez mais procurado e, portanto, esse tipo de veículos deveria ser cada vez mais prestigiado pelos consumidores;
  • Os esforços da Fiat para se posicionar nos mercados emergentes deveriam começar a dar frutos dentro de poucos anos. Um melhor posicionamento nesses mercados permitirá ao grupo tornar-se uma marca mundial e gozar de maior notoriedade;
  • Notar-se-á, mais globalmente, que o mercado do automóvel apresenta, hoje, um crescimento rápido com novas demandas a serem atendidas, notadamente em veículos populares. A Fiat, portanto, está em boa posição para ganhar algumas quotas de mercado nesse segmento aproveitando-se desse crescimento;
  • Finalmente, o grupo Fiat deveria reorientar sua estratégia para uma comunicação mais expressiva e mais serviços associados, o que poderia lhe permitir alcançar novos mercados em nível internacional.

No que diz respeito às ameaças que podem representar um obstáculo ao desenvolvimento da Fiat, atentemos aos seguintes pontos:

  • Primeiramente, o grupo padece, como seus concorrentes, das políticas governamentais, cada vez mais estritas e que deveriam ainda endurecer-se mais à frente;
  • Da mesma forma, o aumento importante dos preços dos combustíveis é um obstáculo às vendas de veículos para o grupo que não é compensado pelo desenvolvimento de veículos “verdes”. Observa-se, com efeito, nas grandes cidades, um desenvolvimento importante dos transportes públicos, o que representa uma concorrência indireta para o grupo;
  • Enfim, a concorrência cada vez mais forte das grandes empresas da indústria automobilística constitui um obstáculo ao desenvolvimento futuro da Fiat que pode perder algumas quotas de mercado, considerando que alguns desses grupos estão à frente na questão tecnológica com o desenvolvimento de veículos cada vez mais inovadores.

A ação Fiat e a negociação on-line:

Para investir na Bolsa de Valores graças ao trading on line, não hesite em apostar sobre a cotação da ação Fiat que tem se mostrado muito volátil e permite, portanto, implementar diversas estratégias quer em curto, quer em longo prazo, com os instrumentos das corretoras.

Abra uma posição na Fiat!*
Os CFDs são instrumentos complexos e comportam um nível de risco elevado de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 65% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.