Comprar ações da AMD

No setor das tecnologias da informática, algumas empresas são tão lucrativas que a cotação de suas ações é acompanhada por inúmeros investidores. É o caso da empresa AMD, cuja atividade detalharemos aqui.  Da mesma forma, encontrarão neste artigo informações sobre o preço de sua ação ao vivo, sua cotação e uma análise histórica dos preços nos gráficos financeiros.  

75% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

Nossas recomendações para negociar sobre AMD

Comprar ações da AMD
  • A abertura dos mercados emergentes, com uma política de adoção de novas normas tecnológicas e um acordo de livre comércio, permite que a AMD se posicione em setores geográficos promissores.
  • O desenvolvimento do e-comércio poderia também lhe permitir conquistar novos clientes e gerar novas rendas. Por esse motivo, o grupo investe bastante na sua plataforma on‑line. Convém, portanto, acompanhar os retornos econômicos desse investimento nos próximos anos.
  • Vigiar‑se‑á também a estratégia de preços da AMD e o desenvolvimento de produtos em linhas diversas que lhe permitirão alcançar um leque cada vez mais amplo de consumidores.
  • O grupo AMD poderia também aproveitar uma queda nos custos de expedição dos seus produtos, que poderia recair sobre o preço de venda dos mesmos. O grupo poderia assim melhorar sua rentabilidade e conquistar nova partes de mercado.
  • Evidentemente, observar‑se‑á também todas as operações de compra e aproximações estratégicas da AMD com outras empresas que seriam suscetíveis de lhe permitir se posicionar em outros segmentos promissores com o desenvolvimento de produtos inovadores.
  • As ameaças, claro, são também bastante frequentes quanto ao futuro próximo da AMD. Por exemplo, o grupo sofre com a política de isolamento dos Estados‑Unidos que poderia repercutir em outros países e, portanto, reduzir as exportações dessa empresa.
  • A concorrência das outras empresas nesse setor de atividade é também muito acirrada, com uma rentabilidade estável que provocou um aumento do número de empresas nesse ramo industrial no decorrer dos últimos anos.
  • Convém também averiguar a cotação das principais matérias‑primas das quais depende a rentabilidade da cadeia produtiva da AMD.
Serviço de CFD. 75% perdem dinheiro

 

Acerca do grupo AMD:

O grupo AMD, ou Advanced Micro Devices, é especializado em semicondutores e desenvolve processadores para a informática e tecnologias associadas, tanto para empresas quanto consumidores em geral. Ele projeta e integra tecnologias para aparelhos inteligentes como computadores, consoles e servidores.  

Ele opera nos setores de informática e soluções gráficas das empresas.

 

Os principais concorrentes da AMD:

O grupo AMD é um importante fabricante e projetista de semicondutores e microprocessadores no mundo. Dessa forma, ele compete com várias outras empresas especializadas, ou não, nessa área.  Em volume de negócios, a AMD se posiciona atualmente em décimo segundo lugar no ranking mundial desses fabricantes.  Para melhor entender qual é a concorrência nesse setor e quais são as empresas mais competitivas em relação à AMD, temos aqui o ranking mundial das empresas desse setor por volume de negócios.

  • Intel Corporation (Estados Unidos)
  • Samsung Electronics (Coreia do Sul)
  • Qualcomm (Estados Unidos)
  • Micron Technology (Estados Unidos)
  • Hynix (Coreia do Sul) 
  • Toshiba (Japão)
  • Texas Instruments (Estados Unidos)
  • Broadcom (Estados Unidos)
  • STMicroelectronics (França)
  • Renesas Technology (Japão)
  • Infineon (Alemanha)
  • AMD (Estados Unidos)
  • NXP (Países Baixos)
  • Media Tek (Taiwan)
  • Sony (Japão)
  • Freescale (Estados Unidos)
  • NVidia (Estados Unidos)
  • Marvell Technology Group (Estados Unidos)
  • ON Semiconductor (Estados Unidos)
  • Analog Devices (Estados Unidos)

Naturalmente, o volume de negócios e as inovações desses diversos grupos devem ser levados em consideração na análise da cotação da ação AMD e do ponto de vista fundamentalista.

 

Os principais parceiros da AMD:

Para finalizar, aqui estão algumas parcerias recentemente estabelecidas pelo grupo AMD.

  • Em 2015, a AMD criou uma joint venture com o grupo Fujitsu Microelectronics para reunir as atividades de montagem e testes de semicondutores;
  • Em 2016, o grupo AMD também criou um empreendimento conjunto na China com a empresa THATIC (Tianjin Haiguang Advanced Technology Investment Co), um fundo de investimento controlado pela Academia de Ciências chinesa. O contrato se refere a um acordo de licença que traz 293 milhões de dólares para a AMD. Assim sendo, o grupo AMD fornecerá a THATIC com patentes sobre chips eletrônicos para servidores, adaptados ao mercado chinês.

 

Análise da cotação da ação AMD:

A cotação da ação AMD é atualmente inscrita no mercado americano NYSE. Ela faz parte, também, do cálculo do índice financeiro NASDAQ.

Esse título foi introduzido na Bolsa de Valores em 2015 e, desde então, passou por leves variações, com uma primeira queda até julho de 2015 e uma recuperação progressiva, ainda visível atualmente.

 

Dados financeiros importantes acerca da ação AMD:

Antes de começar a negociar a ação AMD online, seguem algumas informações que lhe ajudarão a melhor conhecer esse título:

  • Em 2017, a empresa AMD apresenta uma capitalização financeira total alcançando USD 10.792,08 milhões;
  • O número de títulos emitidos pela empresa AMD circulando atualmente no mercado financeiro é da ordem de 38.729.470;
  • A cotação da ação AMD está inscrita no Nasdaq Select Market do Nasdaq All Markets nos Estados Unidos;
  • A empresa AMD faz parte, também, do índice financeiro americano Nasdaq 100 e está, portanto, dentre as 100 empresas americanas de maior capitalização no mercado financeiro desse setor;
  • O painel acionista da AMD é composto pelo Vanguard Group, com 7,67% de participação, do BlackRock Fund Advisors com 5,06%, da BlackRock Institutional Trust Company com 2,68%, da State Street Corporation com 2,62%, do Oppenheimer Funds com 2,15%, da FMR LLC, que possui 1,65% das partes, da Wellington Management Company com 1,52%, da Renaissance Technologies LLC com 1,23%, do Arrowstreet Capital Limited Partnership com1,23% e da Northern Trust Corporation, com 1,17% das participações.

 

Histórico econômico e financeiro da empresa AMD:

Para poder interpretar corretamente os gráficos financeiros históricos da ação AMD e deduzir os futuros movimentos da cotação desse título é, claro, essencial cruzar as principais tendências observadas com os fatos históricos que marcaram essa empresa. Veja, portanto, uma recapitulação das datas importantes das últimas décadas.

  • Em 1969 foi criada a empresa AMD, com um capital inicial de 100.000 dólares, por Jerry Sanders, Edwin Turney, John Carey, Sven Simonsen, Jack Gifford, Frank Bote, Jim Giles e Larry Stenger. Nesse mesmo ano, o grupo, especializado em semicondutores, microprocessadores e placas gráficas, se instalou em Sunnyvale, na Califórnia, e produziu seu primeiro circuito integrado, o AM9300. Esse circuito é, na realidade, um registrador de deslocamento de 4 bits MSI;
  • Em 1972, a AMD lançou um novo produto, o AM2501. No mesmo ano, ela instalou e pôs em operação sua primeira unidade de produção fora dos Estados Unidos, em Penang, na Malásia;
  • Em 2003, o grupo AMD se associou ao grupo Fujitsu a fim de criar em conjunto a empresa Spansion. Esta reúne as atividades de memória flash das duas entidades. A AMD permanece acionista majoritária dessa joint venture com 60% de participação;
  • Em 2005, a AMD e a Fujitsu vendem suas participações no empreendimento conjunto e a Spansion se torna uma empresa independente que existe ainda hoje com o mesmo nome;
  • Em 2006, o grupo AMD comprou a empresa ATI Technologies por um montante de 5,4 bilhões de dólares. Ainda em 2006, a AMD subiu para o oitavo lugar no ranking dos maiores fabricantes de semicondutores, logo atrás da Intel, Samsung, Texas Instruments, Toshiba, STMicroelectronics, Renesas e Hynix;
  • No início de 2007, o posicionamento da AMD nesse mesmo ranking caiu de maneira significativa e a empresa passou para a décima oitava posição. No entanto, a AMD tornou-se a número 2 dos fornecedores de microprocessadores para computadores PC com arquitetura x86, logo após a Intel;
  • Em 2009, a AMD teve seu grande retorno no setor de semicondutores, sua ação na Bolsa de Valores alcançando 9,95 dólares. Lembremos que seu valor no início daquele ano era somente USD 1,86, ou seja, uma alta de 435% em um ano.

Atualmente, o grupo AMD ocupa o segundo lugar no mercado de cartas gráficas, logo após a Nvidia, e o terceiro lugar no mercado de GPU, atrás da Intel e da Nvidia, após a aquisição da ATI.

 

As vantagens e os pontos fortes da ação AMD enquanto ativo financeiro:

Uma estratégia altista sobre a cotação da ação AMD, e notadamente com uma posição de longo prazo, deve, antes de tudo, ser baseada numa análise completa das forças dessa empresa. Por isso, lhe propomos neste artigo um resumo completo dos pontos fortes desse valor, bem como das vantagens que esse grupo possui, trunfos que podem lhe permitir seguir crescendo.

Em primeiro lugar, o grupo AMD possui uma lista de fornecedores muito confiáveis que lhe asseguram matérias‑primas de primeira qualidade com o melhor preço, e lhe permitem escapar dos gargalos da cadeia de abastecimento.

A AMD se aproveita também de uma experiência exitosa na integração de empresas com atividades complementares através de operações de compra e de fusão. Notadamente, tais integrações permitiram ao grupo racionalizar suas operações e edificar uma cadeia de abastecimento confiável. Da mesma forma, as aquisições estratégicas de outras marcas pela AMD lhe permitem, caso necessário, desenvolver‑se em outras categorias de produtos.

O grupo AMD logra, por outro lado, realizar um ótimo desempenho em novos mercados. Graças a sua expansão segura e bem orientada, a AMD pode gerar novas fontes de renda e reduz o risco atrelado aos mercados cíclicos nos quais a empresa geralmente opera.

Os investidores apreciam também o fato que o grupo AMD dispõe de uma disponibilidade de caixa muito importante, graças à qual o grupo goza de recursos que lhe permitem lançar e concluir novos projetos e inovações. Nesse sentido, notemos também que a AMD possui uma experiência importante no desenvolvimento de produtos inovadores, sendo titular de muitas patentes.

Graças a sua estratégia de automatização de suas atividades, a AMD conseguiu manter certa coerência na qualidade dos seus produtos. Tal automatização permite também à empresa aumentar ou reduzir sua produção em função da demanda do mercado consumidor.

O último trunfo da empresa, que não é o menor, concerne à ampla comunidade de revendedores dos seus produtos. Com efeito, o grupo soube desenvolver uma verdadeira cultura empresarial nos seus revendedores que se encarregam de apresentar os produtos AMD, formando suas equipes de venda mais especificamente nesses produtos.

 

Os inconvenientes e pontos fracos da ação AMD enquanto ativo financeiro:

Se as vantagens da ação AMD e os trunfos desse grupo parecem numerosos, é também incontornável levar em consideração, ao implementar suas estratégias, os pontos fracos e os defeitos dessa empresa e, portanto, os obstáculos que podem penalizar seu futuro crescimento. Segue, portanto, uma lista das fraquezas desse grupo que é imperativo conhecer.

Dentre os principais defeitos desse valor mobiliário, nota‑se o percentual de rentabilidade e o percentual de contribuição líquida da AMD que são geralmente abaixo dos da concorrência. Por outro lado, a planificação financeira da empresa não foi corretamente realizada. Com efeito, o percentual entre ativos e ativos líquidos mostra que o grupo poderia utilizar seu capital de forma mais eficiente do que o faz hoje.

A AMD mostra também alguns pontos fracos no que se refere à gestão da demanda por produtos, frequentemente mal antecipada, o que conduz à perda de várias oportunidades de venda, ao contrário dos seus concorrentes que preveem melhor a demanda futura dos seus clientes. Portanto, a AMD não é muito eficiente em termos de gestão dos estoques que acabam sendo maiores em interno do que nos canais de venda.

Por outro lado, a AMD não conseguiu lidar com os novos desafios e entrar em novos segmentos, perdendo assim algumas partes de mercado em determinados nichos. A empresa deve, portanto, implementar um mecanismo de retroação interno com as equipes de venda em campo a fim de conquistar esses novos mercados.

A taxa de turn‑over da mão de obra da empresa AMD é também muito elevada, comparando com os concorrentes. Assim sendo, o grupo deve continuadamente investir em capacitação e desenvolvimento pessoal dos seus funcionários, o que o torna menos competitivo com relação a outras empresas do setor que gerenciam melhor a cultura empresarial.

Enfim, e apesar de sua alta capacidade de investimento, o grupo AMD não investe bastante em P&D, comparando com outros protagonistas importantes do setor. Embora tais investimentos estejam acima da média, a empresa não rivaliza com os grupos mais dinâmicos desse setor de atividade que acabam inovando mais. De fato, a AMD parece se concentrar em produtos já testados no mercado e sobre os quais ela apoia talvez demais sua estratégia.

 

Classificação: 3.96 50 votos

Começar a especular sobre a ação AMD:

Para começar a negociar sobre a cotação da ação AMD on line, basta você criar sua conta junto a uma corretora de qualidade e começar a tomar posição, quer na alta, quer na queda desse título.

Negocie agora a ação AMD!
75% das contas de clientes particulares perdem dinheiro, ao transacionar CFDs com este provedor. Deve ponderar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.