As melhores plataformas de trading
  • Plus500
  • eToro
  • Markets
  • XM

Classificação: 3.33 3 votos
 

Como funciona o mercado de ações?

Para todos os investidores no mercado financeiro, o mercado de ações é aquele que parece o mais popular, por motivo da sua simplicidade de funcionamento, por um lado, e pelo número de valores nacionais e internacionais nos quais é possível especular, por outra. Obviamente, esse mercado de ações beneficia também os acionistas que compram esses títulos no intuito de receber dividendos. Vamos explorar o que define e como funciona esse mercado detalhadamente.

 

O que é o Mercado de ações?

O mercado de ações é o mercado em que as empresas podem emitir títulos em busca de financiamentos. Os investidores que compram esses títulos tornam-se acionistas da empresa e recebem dividendos calculados a partir dos lucros realizados pela empresa graças ao financiamento obtido e proporcionais ao número de ações adquiridas.

O mercado de ações permite, portanto, adquirir títulos de todas as empresas listadas em Bolsa nos diversos mercados financeiros mundiais.

 

Funcionamento do mercado de ações:

O mercado acionário funciona como a maior parte dos outros mercados financeiros, ou seja, passando ordens de compra ou venda de títulos listados. Outras condições podem constar nas ordens, tais como condições de preço ou limites de validade.

Mais frequentemente, são os bancos ou empresas especializadas em investimento que são encarregados de colher as ordens dos seus clientes e transmiti-las no sistema de cotação, o pregão, por meio eletrônico.

No mercado de ações, as ordens são executadas conforme uma direção bem definida. Pode-se tratar de uma ordem de prioridade baseada no preço, por ordem crescente, ou no tempo, por ordem cronológica.

 

Distinguem-se dois tipos de cotação para as ações, ou seja:

  • A cotação contínua que abrange os valores mais importantes. Nesse caso, a cotação é atualizada ao vivo e em tempo real.
  • No caso dos valores menores, a cotação da ação é realizada duas vezes ao dia.

Investir no mercado de ações requer passar por um banco de investimento ou se cadastrar em uma plataforma de negociação on-line para especular sobre a cotação dos títulos por meio do Forex.

 

Primeira cotação:

Quando uma ação é listada na Bolsa de Valores pela primeira vez, é difícil efetuar uma cotação clássica, já que o desempenho do título ainda não é conhecido. Porém, é o que acontece. Com efeito, a primeira cotação de um título no mercado financeiro é diferente da primeira cotação de um índice pelo fato dela corresponder ao preço que ao valor que os compradores são dispostos a pagar por ela e ao preço que o vendedor almeja. Detalharemos esse cálculo abaixo.

 

Calculo efetuado para estabelecer a cotação de uma ação:

O cálculo necessário para elaborar a cotação de uma ação é ao mesmo tempo simples no seu princípio e complexo quanto a sua aplicação no âmbito do mercado financeiro. Vamos explicar aqui da forma mais simples como a cotação de uma ação é avaliada nos mercados financeiros.

De maneira sintética, pode-se dizer que a cotação de uma ação é determinada pela oferta e a demanda. No mercado financeiro, os vendedores de títulos oferecem um preço mínimo para venderem suas ações e o número de ações que estão dispostos a vender. Os compradores, por sua vez, informam do número de ações que estão querendo comprar e a que preço máximo. O preço escolhido será aquele que permitirá vender o maior número de títulos levando em consideração compradores e vendedores.

Operar com ações diretamente dos mercados:

Não precisa possuir uma conta-títulos ou outro produto de aplicação financeira para aproveitar as flutuações do mercado de ações já que você pode negociar os títulos da sua escolha diretamente por meio dos CFD dos brokers Forex.